science care fisioterapia domiciliar

                                                                                                                                                                                                                                                                      

          

Empresa Especializada em Fisioterapia Domiciliar

IMPACTO DOS PROGRAMAS DE TREINO NA QUALIDADE DE VIDA DA MULHER COM INCONTINÊNCIA URINÁRIA DE ESFORÇO

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

 

 

Resumo

Introdução: A incontinência urinária tem implicações na qualidade de vida da mulher, abrangendo o âmbito físico, social, sexual e psíquico. A mulher restringe as atividades sociais e físicas, com repercussões a nível emocional (baixa autoestima, depressão, vergonha e isolamento). Objetivos: Comparar a influência dos programas de treino dos músculos do pavimento pélvico com supervisão e no domicílio com o programa de treino dos músculos do pavimento pélvico no domicílio, na qualidade de vida das mulheres com incontinência urinária de esforço ligeira e moderada. Material e métodos: Estudo experimental que incluiu 34 mulheres com diagnóstico de incontinência urinária de esforço, através do estudo urodinâmico. As mulheres foram distribuídas aleatoriamente em 2 grupos. Os 2 grupos realizaram o programa domiciliário, durante 6 meses. O grupo com supervisão do fisioterapeuta adicionou o programa de treino intensivo semanal, durante 45 minutos. Na avaliação da qualidade de vida foi administrada a escala de Ditroviee na frequência dos episódios de incontinência urinária foi utilizado o registo diário de 7 dias. Resultados: O grupo com supervisão demonstrou redução percentual significativa da frequência dos episódios de incontinência em 60,2% e o grupo no domicílio em 43,4%; (p < 0,014). No entanto, a diminuição da variação média dos episódios de incontinência não foi significativa entre os 2 grupos (p = 0,363). Globalmente, a qualidade de vida melhorou nos 2 grupos, mas o grupo com supervisão melhorou mais do que o grupo no domicílio, após os 6 meses (p = 0,041). O grupo com supervisão melhorou significativamente os parâmetros das atividades da vida diária (36%; p = 0,001), impacto emocional (34,6%; p = 0,002), sono (30,8%; p = 0,015) e bem–estar (40,6%; p = 0,001). O grupo no domicílio teve melhoras significativas no impacto emocional (30,4%; p = 0,037) e no bem–estar (20,7%; p = 0,026). Neste estudo verificou–se uma correlação positiva (p = 0,043, r = 0,349) entre a qualidade de vida e a frequência dos episódios incontinência, no grupo controle. Conclusão: Ambos os programas de treino melhoraram a perceção global do estado de saúde e da qualidade de vida das mulheres com incontinência urinária de esforço.

 

Rev. Port. Sau. Pub. vol.30 no.1 Lisboa  2012

Science Care Fisioterapia oferece atendimento de fisioterapia uroginecológica domiciliar, com profissionais altamente qualificados, com larga experiência e supervisionados por coordenadores titulados Mestres e Doutores pelas principais Universidades Nacionais e Internacionais.

Artigos Científicos