science care fisioterapia domiciliar

                                                                                                                                                                                                                                                                      

          

Empresa Especializada em Fisioterapia Domiciliar

DIRETRIZES DE PRÁTICA CLÍNICA BASEADA EM EVIDÊNCIAS PARA AVALIAÇÃO E TRATAMENTO DE LOMBALGIA: IMPLICAÇÕES PARA FISIOTERAPIA.

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

 

CONTEXTUALIZAÇÃO: Lombalgia é o sintoma mais comum tratado por Fisioterapeutas. Existem centenas de estudos controlados aleatorizados que lidam com o tratamento de lombalgias. Para resumir tais centenas de artigos, pesquisadores escreveram guias de prática clínica baseados na evidência (PBE) para orientar clínicos a lidarem com tal problema. OBJETIVOS: Revisar as implicações clínicas dos guias de PBE para o tratamento de lombalgia. MÉTODOS: Esta revisão incluiu guias publicados a partir de 2002. A pesquisa dos guias foi feita nos seguintes websites e base de dados: Google, Medline, Cochrane Library e a Guideline Clearing House. Guias escritos em inglês e que abordavam o tratamento conservador de lombalgia foram incluídos. RESULTADOS: As diretrizes (13 multidisciplinares e três monodisciplinares) dividiram a lombalgia em três grupos: com bandeira vermelha, com radiculopatia e não específica. Lombalgias sem bandeira vermelha podem ser tratadas sem encaminhamento médico. A educação do paciente sobre o curso natural benigno da lombalgia foi recomendado para pacientes sem bandeira vermelha. A manipulação foi recomendada para lombalgia não especifica aguda e subaguda e exercícios foram recomendados para lombalgia não específica aguda, subaguda e crônica. Poucas diretrizes fizeram recomendações para lombalgia com radiculopatia. Elas não ofereceram recomendações específicas para manipulação (hipomobilidade versus instabilidade) e exercícios (estabilização versus preferência direcional). CONCLUSÃO: A maioria das diretrizes era multidisciplinar (cuidado primário de lombalgia), com poucos detalhes relevantes para o Fisioterapeuta. Faltam diretrizes monodisciplinares de Fisioterapia para equilibrar evidência científica com relevância clínica profissional.

Rev. bras. fisioter. [online]. 2011, vol.15, n.3, pp.190-199. ISSN 1413-3555. 

A Science Care Fisioterapia oferece atendimento de fisioterapia ortopédica para o tratamento de lombalgia, com profissionais altamente qualificados, com larga experiência e supervisionados por coordenadores titulados Mestres e Doutores pelas principais Universidades Nacionais e Internacionais.

 

Artigos Científicos