science care fisioterapia domiciliar

                                                                                                                                                                                                                                                                      

          

Empresa Especializada em Fisioterapia Domiciliar

LESÃO DO MANGUITO ROTADOR: TRATAMENTO E REABILITAÇÃO. PERSPECTIVAS E TENDÊNCIAS ATUAIS

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

A Science Care Fisioterapia oferece atendimento de fisioterapia ortopédica domiciliar, com profissionais altamente qualificados, com larga experiência e supervisionados por coordenadores titulados Mestres e Doutores pelas principais Universidades Nacionais e Internacionais.

 

OBJETIVO:

Mapear as condutas dos ortopedistas brasileiros no tratamento das lesões completas do manguito rotador.

MÉTODOS:

Um questionário de múltiplas escolhas foi entregue a 232 ortopedistas no 45° Congresso Brasileiro de Ortopedia e Traumatologia. Foram devolvidos 207 questionários, mas cinco estavam incompletos e foram excluídos. Total final de 202 questionários.

RESULTADOS:

Dos ortopedistas que responderam os questionários, cerca de 60% foram da Região Sudeste, 46% eram cirurgiões de ombro e cotovelo. Houve associação significativa (p < 0,05) entre tempo de experiência e número de reparos do manguito rotador feitos anualmente. Também houve associação significativa (p < 0,05) entre especialidade de ombro e as seguintes variáveis: técnica artroscópica, uso de âncoras na configuração de fileira simples, tempo médio para indicação de cirurgia em lesões traumáticas e degenerativas, uso de protocolo específico para reabilitação pós-cirúrgica, retorno ao esporte e indicação de lesões irreparáveis.

CONCLUSÕES:

Os cirurgiões de ombro do Brasil têm condutas bem estabelecidas em relação ao tratamento das lesões do manguito rotador que diferem, em sua maioria, significativamente, das condutas dos cirurgiões de outras especialidades. Isso mostra a importância da valorização do treinamento na formação dos especialistas de ombro em nosso país.

Rev. bras. ortop. vol.50 no.6 São Paulo Nov./Dec. 2015.

 

Artigos Científicos