science care fisioterapia domiciliar

                                                                                                                                                                                                                                                                      

          

Empresa Especializada em Fisioterapia Domiciliar

PACIENTES COM DOENÇA DE PARKINSON SOB ASSISTÊNCIA FISIOTERAPÊUTICA APRESENTAM PARÂMETROS PULMONARES MELHORES DO QUE CONTROLES SEDENTÁRIOS

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

 

A Science Care Fisioterapia oferece atendimento de fisioterapia neurológica para o tratamento de parkinson, com profissionais altamente qualificados, com larga experiência e supervisionados por coordenadores titulados Mestres e Doutores pelas principais Universidades Nacionais e Internacionais.

 

RESUMO

Este estudo teve como objetivo investigar os parâmetros pulmonares (espirometria e oscilometria de impulso) de pacientes com doença de Parkinson (DP) e controles eutróficos, comparando os valores dos sujeitos participantes e os não participantes de um programa de assistência fisioterapêutica. Trinta e sete sujeitos foram divididos em quatro grupos independentes: dois grupos formados por pacientes com DP (praticantes e não praticantes de um protocolo de exercícios fisioterapêuticos realizados com frequência de dois atendimentos semanais durante 6 meses) e dois grupos compostos por sujeitos controles eutróficos (praticantes e não praticantes do mesmo programa terapêutico). Os sujeitos foram submetidos à avaliação de cirtometria torácica, espirometria e oscilometria de impulso, sendo os pacientes com DP avaliados na fase off da medicação. A análise dos dados ocorreu por meio do teste não paramétrico de Kruskal-Wallis, sendo a comparação aos pares realizada pelo pós-teste de Dunett T3. A significância foi estipulada em 5%. Sobre os resultados, com similaridade entre grupos para mobilidade da caixa torácica, os pacientes com DP que realizaram atendimento fisioterapêutico apresentaram parâmetros pulmonares melhores do que os pacientes sedentários. A comparação com os sujeitos eutróficos vislumbra melhores resultados dos participantes com DP em relação a controles sedentários. Não houve diferença significativa entre os sujeitos com DP e controles submetidos ao mesmo protocolo terapêutico. Em conclusão, os achados delimitam resultados promissores do tratamento fisioterapêutico sobre parâmetros pulmonares na DP, e sentenciam a necessidade de novos estudos longitudinais do tipo ensaio clínico para comprovação da relação causa e efeito das variáveis em questão.

Fisioter. Pesqui. vol.23 no.1 São Paulo Jan./Mar. 2016.

 

 A Science Care Fisioterapia oferece atendimento de fisioterapia neurológica, com profissionais altamente qualificados, com larga experiência e supervisionados por coordenadores titulados Mestres e Doutores pelas principais Universidades Nacionais e Internacionais.

 

Artigos Científicos